Ilhas Virgens dos Estados Unidos

Viver nas Ilhas Virgens dos EUA

Iyna Bort Caruso

As Ilhas Virgens dos Estados Unidos representam uma fusão internacional: um território norte-americano com raízes africanas e europeias, situada nas Caraíbas.

O turismo impulsiona a economia das Ilhas Virgens Americanas, apesar de também serem famosas pela produção de rum. Os habitantes das ilhas estão sujeitos às mesmas leis e usufruem dos mesmos benefícios que os cidadãos dos EUA, com uma excepção: não podem votar para elegerem o presidente. Do mesmo modo, compradores do continente, conhecidos localmente como "os continentais", desfrutam de plenos direitos de titularidade, tal como nos Estados Unidos.

As ofertas imobiliárias nas Ilhas Virgens Americanas incluem cabanas ao estilo das Caraíbas, moradias em encostas, apartamentos à beira-mar e lotes de terreno para construção. Muitos empreendimentos oferecem administração presencial a compradores interessados em oportunidades de investimento ou arrendamento a longo prazo.

Das três ilhas principais, St. Thomas é o ponto de entrada para a maioria dos visitantes, sendo a ilha das Caraíbas mais idêntica a uma metrópole. A cidade exala um ar de resort urbano. Charlotte Amalie, a capital das Ilhas Virgens dos Estados Unidos, é o centro de restaurantes, lojas e vida nocturna, e o seu lindo porto é um dos mais visitados nas Caraíbas.

Santa Croix é a maior das ilhas, apesar de relativamente desconhecida. Ela possui duas belas cidades portuárias, de edifícios pintados em tons de pastel, Christiansted e Frederiksted, que estão unidas por um rasto patrimonial de museus, jardins, igrejas e atrações naturais. Santa Croix é a ilha mais geograficamente diversa do trio, com colinas verdes, pastos, pequenas florestas tropicais e, claro está, praias. Salpicados entre as suas maravilhas naturais, encontram-se três campos de golfe e o único casino das Ilhas Virgens Americanas.

A ilha mais descontraída é Saint John, onde uma récua de burros selvagens pode fazer parar o trânsito. Saint John é aclamada pelas suas lindas praias de areia branca e paisagem intocada. O crescimento ecológico e o desenvolvimento sustentável são prioridades nesta ilha. Mais de 60% da superfície da ilha foi destinada a parques nacionais, o que valoriza os seus limitados imóveis, geralmente concentrados em torno de Cruz Bay, a principal cidade.