Vietname

Viver no Vietname

Iyna Bort Caruso

Os rendimentos, poder de compra e urbanização crescentes estão a ajudar a colocar o Vietname no mapa dos turistas e investidores. Algumas pessoas já consideram os resorts costeiros como a próxima Phuket ou Bali.

Vietname é um país de regiões geográficas distintas. O norte é predominantemente composto por planaltos, enquanto montanhas, florestas densas e planícies costeiras abundam no sul. A variada topografia explica as variações no clima.

É um país densamente povoado com cerca de 93 milhões de habitantes e com uma mentalidade cada vez mais reformista em relação a negócios e o sector imobiliário. Compradores internacionais apenas podem arrendar imóveis (não podendo ser proprietários dos terrenos, que são regulados pelo estado). No entanto, as restrições relativas à posse de imóveis estão a ser flexibilizadas de forma a permitir que pessoas estrangeiras possam habitar casas por períodos maiores e com mais opções.

Hanói, a capital que se situa no coração da zona norte do Delta do Rio Vermelho, tem sido lar de dinastias vietnamitas há séculos. A cidade reflecte influências do período colonial francês, na forma de uma mistura de avenidas largas, pagodes e edifícios com fachadas de estilo Belle Époque e Art Déco, que se desenvolvem de leste a oeste.

A Cidade de Ho Chi Minh, anteriormente conhecida como Saigão, é a maior cidade do Vietname. Tal como em Hanói, vestígios da arquitectura de estilo francês continuam presentes ao lado de edifícios vietnamitas tradicionais e arranha-céus modernos. O centro de comércio e financeiro chama-se Distrito 1 e abriga atracções turísticas, espaços de diversão e várias embaixadas estrangeiras. Apartamentos de luxo e coberturas apresentam acabamentos de estilo ocidental e comodidades que atraem comunidades de estrangeiros.

O Vietname possui mais de 3.000 quilómetros de costa. No centro, a cidade portuária de Da Nang é uma das principais estâncias balneares e está orientada para os negócios com uma visão de crescimento sustentável. Apartamentos de luxo e vivendas à beira-mar com piscinas infinitas têm vista para o Mar da China Meridional. O renovado e ampliado aeroporto internacional de Da Nang disponibiliza voos frequentes para principais destinos na Ásia como Seul, Singapura, Hong Kong e Kuala Lumpur. Campos de golfe excepcionais, 30 quilómetros de praias de areia branca e fáceis acessos de carro a três locais que fazem parte do Património Mundial da UNESCO destacam esta cidade promissora entre os resorts asiáticos.